ROTEIRO 7 DIAS EM GRAMADO E CANELA PARTE 1



Após 4 anos planejando visitar Gramado e Canela finalmente consegui!

Depois de ter ido a Balneário Camboriú em 2015 meus planos já eram ir para Gramado em 2016 porém nem sempre (e na maioria das vezes) as coisas saem como planejado portanto consegui conquistar esse objetivo agora em outubro de 2019 e foi mágico!

Vou compartilhar o roteiro que escolhi e vou dividir em 2 partes para o post não ficar muito longo. Tem muita coisa legal quero mostrar/contar e te inspirar a programar a sua viagem.

Sobre quanto dinheiro levar, os valores pagos, quanto gastei etc falaremos em outro post ok?

1° Dia
Saímos do aeroporto de Guarulhos na segunda por volta das 12h50 e chegamos no Aeroporto de Porto Alegre aproximadamente as 14h30. Encontramos o guichê da Turistur, agência de turismo parceira da CVC.  Todo o pacote de viagem foi fechado pela CVC e nosso receptivo foi a Turistur. Aguardamos o pessoal chegar para irmos até Gramado. A Turistur deixou cada viajante em seu hotel. A viagem demorou cerca de 2h e o tempo estava muito feio com a temperatura bem baixa e dia chuvoso. Praticamente a viagem inteira foi desta forma mas mesmo assim a magia não foi perdida.
Quem vai para Gramado e Canela sabe que a temperatura lá é mais baixa, porém as vezes dá a sorte de pegar dias quentes e ensolarados que não foi nosso caso. Uma semana antes a temperatura chegou a 35º graus e uma semana depois pegamos menos de 10º graus.
O hotel escolhido foi o Fioreze Primo que por sinal super indico, hotel MARAVILHOSO. A localização é ótima, café da manhã perfeito e o atendimento nota 1000. E havia não apenas café e água a disposição (geralmente para tomar água em hotel você precisa comprar) mas também chocolate quente que para o clima que pegamos eu amei!!! Já que não tomo café e os chocolates que eles usam é artesanal pense em um chocolate quente forte...perfeito! Ah e no café da manhã tem opções para veganos também.





Chegamos no hotel por volta das das 18h e ainda sem almoçar. Comemos apenas um salgado no aeroporto coisa que não indico por ser extremamente caro, mas sobre valores falaremos depois.
Após nos acomodarmos decidimos jantar no primeiro restaurante que encontrássemos, estava uns 13º graus para menos e chovendo e o mais próximo do hotel era a Pastelaria do Beiçola. Essa pastelaria também vende refeições e foi o que pedimos. Gostei da comida! Eu pedi filé de frango e meu marido contra filé. Depois voltamos para o hotel para descansar e nos preparamos para os próximos dias.




2º Dia
A Turistur nos pegou bem cedinho para começarmos o tour por Gramado e Canela. Neste tour conhecemos o Museu de Pedras Preciosas que nem preciso dizer que gostei bastante e no final comprei um kit de anel, colar e brinco de pedra ametista pois não poderia sair de lá sem nada com tanta coisa linda.










Depois fomos para Canela visitar o museu Mundo a Vapor neste museu você conhece como tudo funcionava antes da energia elétrica, siderúrgica, fabrica de papel, serraria e muito mais, através de réplicas em miniatura você viaja pelo tempo. Confesso que meu marido gostou mais desse museu do que eu não é o tipo de história que me empolga.






Em seguida fomos para a Cascata do Caracol que fica no parque do Caracol. Primeiro pegamos os bondinhos aéreos e na primeira parada havia um museu de animais que falam, que na verdade, são esculturas que simulam as vozes dos animais e depois você segue de bondinho até o mirante da Cascata do Caracol. A vista é linda e neste momento nos deparamos com a única coisa que seria o desagradável da viagem toda que são os fotógrafos que te "forçam" a tirar fotos sem compromisso e levar apenas se gostar. Na Cascata do Caracol você não tem a chance de dizer que não quer tirar foto, você é induzido a isso e a foto é tirada do melhor ângulo da cascata e após tirar essas fotos você pode tirar as fotos com o seu celular de outros pontos do mirante, é claro! As fotos ficaram boas, eles tiram cerca de 5 a 10 fotos mais ou menos e cada uma custa em média R$ 50,00 a grande e R$ 30,00 a pequena se não me engano então é claro que eu não quis nenhuma, preferi gastar meu dinheiro com outras coisas mesmo porque a viagem estava apenas começando.



Fomos almoçar no restaurante Galeto Itália podíamos ter procurado outro lugar ou seguir a sugestão do guia turístico e por comodidade preferimos seguir a sugestão. Achei caro o almoço porém Gramado é uma cidade turística e por isso dificilmente você encontrará uma refeição baratinha pois pagamos mais pelo ambiente do que pela própria comida. Mas se você come muito R$ 60,00 por um almoço completo com buffet gigante e sobremesa passa a valer a pena.


Após o almoço fomos no Lago Negro um parque super agradável e ótimo para quem curte a natureza, você pode andar de pedalinho porém eu não quis.






Então fomos para o passeio que eu mais esperava do dia que é a fabrica de chocolates Prawer. Em Gramado há inúmeras fabricas de chocolates artesanais porém no nosso roteiro a parada foi na Prawer. Conhecemos a fabrica e degustamos essas delícias. O que mais gostei foi saber que o chocolate branco deles realmente é chocolate com 28% de cacau e 0 de gordura hidrogenada. Pois se você não sabe esses chocolates brancos industrializados que consumimos não passam de doces, não são considerados chocolates, mas o da Prawer é. Eu sou chocólatra e já provei inúmeros tipos de chocolates de diversos valores e os da Prawer são os melhores até hoje e até já descobri que eles vendem online....os valores são mais caros devido a qualidade do produto. Para quem ama chocolate vale a pena! Gastei muito dinheiro com chocolate nessa viagem rsrs


No mesmo dia visitamos o Museu de Cera e Museu Harley Davidson. O museu de cera tinha algumas esculturas bem parecidas com os artistas porém outras não pareciam em nada e eu fiquei um pouco irritada com a insistência em tirar aquelas fotos "sem compromisso" aqui eu neguei mesmo. No museu Harley Davidson que é de moto, é bacana para quem curte moto eu confesso que não gostei e também teve a insistência em tirar as fotos profissionais. Entendo que boa parte dos ganhos desses locais são essas fotos que muitos turistas tiram e não tem coragem de falar que não quer comprar, porém a insistência se torna desagradável.  Eu sou do tipo que preferia comprar chocolates rsrs e tirar fotos com o celular.






No tour Gramado e Canela você contrata apenas o transfer, as entradas nos locais são pagas a parte e você pode optar por não visitar algum museu, porém eu não vi sentido em contratar um pacote de viagem e não entrar no locais então mesmo não me interessando por moto ou coisas feitos a vapor eu fiz questão de pagar para conhecer, afinal a viagem era para isso.

Voltamos ao hotel para descansar um pouco e a noite a Turistur nos levou a Nova Petrópolis para a noite alemã que nada mais é que um jantar alemão, porém não apenas um jantar, tinha música, show de dança, comidas típicas, um buffet enorme de salgados e doces e muita diversão. Foi no restaurante Torquês . E esse sim valeu cada centavo!



Voltamos para o hotel de "bucho" cheio prontos para o próximo dia.

3º Dia
Dia de Tour Uva e Vinho com passeio de Maria Fumaça. Me emocionei neste tour. Fomos para Bento Gonçalves berço da imigração Italiana. A primeira parada foi na Epopéia Italiana, um espetáculo que conta a história real da imigração italiana, você passará por cenários em tamanho real vivenciando o que os imigrantes vivenciaram como se você fosse um deles. Impossível não se emocionar! Lá também degustamos biscoitos e vinho e no final tinha uma lojinha com vários itens para comprar e o que eu comprei foram os cosméticos feitos a base de uva que eu não resisti e comprei creme para mãos, corpo, batom, sabonete entre outras coisas.





Depois visitamos a vinícola Aurora com direito a degustação e conhecer tudo a respeito da fabricação do Vinho, após fomos almoçar no restaurante Botafogo o único com sistema selfservice e depois passeio de Maria Fumaça. Neste passeio passamos teve degustação de vinho, música, dança e até lojinha dentro do trem. Paramos para conhecer a estação Garibaldi e finaliza na estação Carlos Barbosa. Na cidade de Carlos Barbosa visitamos a maior loja da Tramontina que fica na Rua Maurício Cardoso 193, a loja é enorme e linda porém nela eu não comprei nada, a maçaneta do banheiro eu quero para a minha casa....demos uma volta na loja e quem quisesse poderia visitar uma queijaria em frente mas meu marido e eu preferimos tomar uma café no Origen's Bistrô que fica bem perto da Tramontina. Rua Rio Branco 145.











Voltamos para o hotel e estávamos muito cansados então decidimos não sair a noite, teoricamente iriamos jantar fondue mas além de cansados estávamos empanturrados portanto bem a noitinha pedimos uma pizza no ifood, ah e também estava chovendo bem forte. Os passeios em si não são cansativos porém passear todos os dias o dia inteiro sem descanso, cansa!

Como pode ver tenho bastante coisas para compartilhar portanto os dias 4, 5, 6 e 7 deixarei para o próximo post.

Me siga no instagram @dicasluamara lá em destaques tem vídeos sobre a viagem. Para saber os endereços dos locais basta clicar nos nomes.



Comentários

Postagens mais visitadas